As grandes personalidades do teatro brasileiro.

Conheça as personalidades do teatro brasileiro que mais fizeram sucesso. O teatro brasileiro revela uma fonte inesgotável de talento e arte. O teatro, aliás, sempre foi uma arte ilimitada e natural ao ser humano. Basta nos atentarmos ao fato de que desde crianças, temos o sonho de dar vida a outros eus e personagens. A própria vida é uma mimese (imitação), de acordo com a poética de Aristóteles. Seguindo a trilha de nomes referenciais para a dramaturgia, interpretando de clássicos shakespearianos até gregos como Ésquilo, Sófocles, ou russos como Gogol, o teatro brasileiro é respeitado no mundo todo, com nomes de calibre como o de Nelson Rodrigues, Oswald de Andrade, Gianfrancesco Guarnieri, Plinio Marcos, Augusto Boal e tantos outros. Paulo Autran Em um passado não tão distante, Paulo Autran deixou a vida terrena e passou a encenar peças e emocionar aos habitantes de outras esferas. Dono de uma carreira irrefutável, o ator iniciou sua jornada teatral no final da década de 40. Interpretações de Antigona, de Sófocles, e Otelo, de Shakespeare, são algumas das inúmeras peças de destaque em que Paulo Autran atuou, sempre com expressividade e técnica acima da média, o que o colocou para sempre no hall dos mestres do teatro nacional. Augusto Boal Unindo ação social com tetro, Augusto Boal se tornou uma personalidade ícone do teatro brasileiro ao fundar o chamado Teatro do Oprimido. Segundo Boal, todos os seres humanos são dotados da dualidade ator/espectador. Espectadores quando observamos e atores quando saímos da passividade e assumimos o papel de protagonistas na sociedade. Incluindo no currículo mais de 20 livros sobre teatro, Boal é estudado nos 4 cantos do mundo e alavancou o nome do Brasil no cenário da dramaturgia mundial. Cacilda Becker Não é exagero algum nos referirmos à Cacilda Becker como provável sinônimo do teatro brasileiro, basta traçarmos um paralelo entre a evolução de ambos e veremos que em certos pontos, a dramaturgia tupiniquim se confunde com a da própria atriz. De origem humilde, Cacilda Becker fez do teatro muito mais de uma extensão da própria vida, deixando o palco somente numa maca rumo ao hospital. Entre seus feitos mais memoráveis, sem dúvidas seu enfrentamento perante à ditadura,defendendo com unhas e dentes a classe teatral e interpretações irretocáveis em "Anjo de Pedra", de Tennessee Williams, e "Antígona", de Sófocles, se destacam. Nelson Rodrigues Autor de frases impactantes e controversas como “Toda oração é linda. Duas mãos postas são sempre tocantes, ainda que rezem pelo vampiro de Dusseldorf” ou ainda “Na vida, o importante é fracassar”, redigiu 17 peças teatrais que são tidas como clássicas. Com certeza uma de suas maiores proezas foi a peça “Vestido de Noiva”, até hoje viva no imaginário popular brasileiro. Plinio Marcos Trata-se de um caso de uma celebridade que paradoxalmente vivia avesso a todas as pompas das celebridades. Um “anti-celeb” por ideal, condição, ou por escolha. Tocando na ferida social sem pudores, Plinio Marcos carregou consigo a marca de escritor maldito, feito os clássicos poetas franceses do naipe de Rimbaud ou Baudelaire. Suas peças tratavam de temas do submundo, da região da “boca do lixo” paulistana. Participou da telenovela Beto Rockfeller E recebeu diversos prêmios na área artística. 

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square