top of page

Qual a relação da psicologia com o teatro?


Constantin Stanislavski, ator, diretor, pedagogo e escritor russo influenciou e ainda influencia profundamente o teatro contemporâneo, sobretudo por sua teoria para a composição da personagem, que segundo ele, trazia autenticidade e verdade ao trabalho do ator. Stanislavski elaborou progressivamente suas teorias fundamentadas numa análise psicológica, inspirada nos estudos de Sigmund Freud, sobre o comportamento do ator buscando despertar sua inspiração ao criar uma personagem. Para tanto, recorreu à investigação científica, à psicologia experimental e aos métodos parapsicológicos da ioga.

O sistema de Stanislavski assim chamado pode-se dizer que se divide em dois momentos: o trabalho do ator sobre si mesmo e o trabalho do ator sobre a personagem. O sentimento de criação trata de fazer atuar a consciência sobre o inconsciente, que para Stanislavski seria a sede da inspiração. Para alcançar tal objetivo utiliza o corpo do ator, propondo a este uma descontração muscular completa antes de entrar em cena, derivada de um relaxamento severo, e uma concentração absoluta quando se está no palco como caminho para a liberação do conteúdo do inconsciente.

Em linhas gerais, quem está em cena deve agir sobre o subconsciente, mas permanecendo no plano da consciência, passando-se da imaginação à interpretação pela utilização do condicional mágico “se”: da observação, da memória da emoção, da fé cênica, da verdade interior e assim por diante, que coloca o ator no espaço de mergulhar na situação da cena na postura de: se fosse eu....


Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
bottom of page