A importância da imprensa e comunicação nos 70 anos da TV brasileira


“Boa noite. Está no ar a televisão do Brasil”

Essa foi a frase da atriz Sonia Maria Dorce, na época com seis anos, vestida de índio, mascote da TV Tupi, no evento da primeira transmissão televisiva da história do nosso país, em 18 de setembro de 1950, que foi feita para apenas 200 aparelhos.

Mesmo com uma das três câmeras falhando no dia da transmissão, a TV brasileira nasceu e foi ao ar o primeiro programa, "TV na Taba", com o ator Lima Duarte e músicas cantadas por Ivon Cury e Lolita Rodrigues.

Como tudo era novidade, os primeiros anos foram marcados por muita vontade de fazer acontecer e aprendizagem por parte dos profissionais de comunicação da época. Os responsáveis pela área técnica tiveram que ir atrás de formação na prática. Diferentemente do que acontece no século 21, não tinha "conteúdo" disponível sobre o assunto.

Até chegar os tempos atuais, a televisão teve uma linha do tempo passando por vários marcos históricos no nosso país. Sempre com a dedicação dos profissionais de jornalismo fazendo a cobertura dos principais eventos.

Desde a fundação das primeiras redes de TV, as primeiras transmissões de partidas de futebol, da posse de presidentes. Também foram criados os primeiros programas de auditório que passaram a ser exibidos nas tardes de domingo. Com a chegada do videotape os programas não precisavam mais ser 100% ao vivo e, com isso, a qualidade da programação começa a aumentar. Vieram os programas humorísticos, jornalísticos, festivais musicais e diversos outros tipos de atrações. E, com a facilidade de acesso aos aparelhos de TV, logo a televisão passou a fazer parte da vida do brasileiro. Atualmente são mais de 100 milhões conectados em uma das maiores indústrias criativas do mundo.

Isso tudo, devido à iniciativa e idealização de um jornalista paraibano Assis Chateaubriand, empresário à frente de jornais e rádios. E, também, de todos os técnicos, jornalistas, atores, humoristas, artistas e outros profissionais da imprensa e comunicação que aceitaram o desafio de colocar a TV brasileira entre as principais do mundo.

Algumas Curiosidades TV Brasileira

1. A TV Tupi foi a primeira emissora de televisão brasileira e foi inaugurada, em 18 de setembro de 1950, pelo jornalista e advogado paraibano Assis Chateaubriand, o Chatô.

2. Durante seus quase 30 anos de história, a Tupi lançou cinco dos mais importantes formatos da televisão brasileira: teledramaturgia (O Direito de Nascer), telejornalismo (Repórter Esso), programas de humor (Os Trapalhões), de auditório (Programa Silvio Santos) e infantis (Capitão Aza).

3. A emissora brasileira mais antiga que ainda está no ar é a TV Record, que foi fundada em 1953 por Paulo Machado de Carvalho.

4. A primeira teledramaturgia brasileira, chamada "Sua vida me pertence", foi exibida entre dezembro de 1951 e fevereiro de 1952. A novela era exibida duas vezes por semana, por 20 minutos e tudo ao vivo!

5. O primeiro beijo da televisão brasileira foi no último episódio novela "Sua vida me pertence", a primeira teledramaturgia brasileira.

6. O programa mais antigo da televisão brasileira a ser transmitido ainda hoje é o Programa do Silvio Santos, que estreou em 1963. Em segundo lugar fica o Jornal Nacional (1969) e, em terceiro, o Fantástico (1973).

7. A transmissão da Copa do Mundo no México em 1970 foi possível pela união das redes de televisão do país. Esta foram as primeiras transmissões brasileiras ao vivo de evento esportivo

8. A primeira exibição televisiva a cores do país foi em 1972, com a transmissão da "A Festa da Uva" diretamente de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

© 2019 • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • DESENVOLVIMENTO ARTÍSTICO